quinta-feira, 16 de setembro de 2010

Não está no dicionário





Abandono: Quando o barco parte e tu ficas.
Adeus: O tipo de despedida mais triste que existe.
Adolescente: Toda a criatura que tem fogo de artifício
dentro dela.
Artista: Espécie de gente que nunca vai deixar de ser
criança.
Ausência: Uma falta que fica presente.
Fotografia: Um pedaço de papel que guarda um pedaço
de vida nele.
Filho: Ser adorável e todo teu, que um dia cresce e passa
a ser todo dele.
Gelo: Aquilo que se sente na espinha quando o amor diz
que vai embora.
Lealdade: Qualidade de cachorro que nem todas as
pessoas têm.
Lágrima: Sumo que sai dos olhos quando se espreme um
coração.
Ousadia: Quando o coração diz para a coragem “vai” e a
coragem vai mesmo.
O rotariano tem que conjugar o verbo da razão para melhor
dar de si.
E conjugar o verbo do coração para ser melhor antes de
pensar em si.

2 comentários:

  1. Olá, Nice...
    Lhe cumprimento por sua sensibilidade, carinho e capricho com as coisas as quais escreve posta nos dois blogs onde publica seus textos. Esta doçura torna as coisas mais leves, além de ser uma leitura super agradável.
    Saudações,
    Eduardo (http://edurjedu.blogspot.com)

    ResponderExcluir
  2. OBRIGADA PELAS DOCES PALAVRAS...

    ResponderExcluir